Airsoft | Operadores organizam petição para mudança de regras de importação na Austrália

As vezes achamos que somente nós aqui no Brasil passamos dificuldades em se tratando de importação e outras questões em se tratando de Airsoft, mas acontece que outros países também passam por isso, que é o caso da Austrália por exemplo. Os operadores de lá estão mobilizando todo o país e até mesmo outros jogadores por todo o mundo onde o Airsoft é Legal a assinar uma petição para legalizar a importação de AEGs e GBBs.

O poster contido neste post foi criado por Dmitry Sergeev da cidade de Perth, Austrália, para a divulgação da petição. Os maiores detalhes da Petição número EN0367 seguem abaixo em tradução livre:

Razão para a Petição
O Airsoft é um esporte apreciado no mundo todo com restrições regulatórias acerca de algumas limitações. As Regulamentações de 1956 controlam a importação de itens de Airsoft (soft air) na Austrália. As Regulamentações requerem somente o Teste de Certificação da Polícia para satisfazer a importação de armas de paintball ou imitações de armas de fogo. Contudo, as Regulamentações impostas são restritas, desproporcionais, não baseadas em controle de evidências (por exemplo, propósitos oficiais / teste por pessoa específica, etc.) para dispositivos de Airsoft, baseados em sua aparência, embora não haja mais aparência "real" do que a imitação de armas de fogo. Além do mais, a munição de airsoft são pequenas esferas de plástico que causam muito menos dor do que as de paintball, tendo uma energia cinética 10 vezes menor. Contudo, as Regulamentações impostas como controles de restrição de dispositivos automáticos de airsoft, em comparação ao paintball, passíveis de causar mais dano. As Regulamentações também requerem que os dispositivos de Airsoft satisfaçam Testes de Segurança. Os testes têm por objetivo prevenir descargas acidentais de armas de fogo que poderiam causar sérios danos físicos. Os testes são desproporcionais para serem aplicados para o Airsoft e suas armas.

Requisições da Petição
Emendas a Regulamentação de 1956 conforme segue: - Importação de dispositivos de Airsoft de qualquer tipo devem ser somente requeridos após passarem no Teste de Certificação da Polícia; - Importação de dispositivos de Airsoft com capacidade automática de disparos será concedida somente após passarem no Teste de Certificação da Polícia; - Os dispositivos de Airsoft de todos os tipos cuja propulsão seja aceita nos Testes de Segurança; - Os dispositivos de Airsoft estão isentas da necessidade de terem um número serial único.

Como é possível ver, as retrições para a importação de AEGs e GBBs na Austrália são muito rigorosas, não possuindo realmente, uma distinção justa para com as armas de fogo reais. Para quem quiser ajudar os airsofters autralianos, o link de acesso a petição é este aqui: https://www.aph.gov.au/Parliamentary_Business/Petitions/House_of_Representatives_Petitions/Petitions_General/Petitions_List?id=EN0367

Mais do que nunca o Airsoft está sendo discutido em todo o mundo, cada vez mais e é muito importante que todos os operadores e operadoras de todo o mundo se disponham a se unir e defender o esporte junto aos legisladores e demais autoridades de forma coerente e sempre da forma correta.

Esperamos que o pessoal da Austrália seja bem sucedido!

Fonte: https://www.popularairsoft.com/news/petition-airsoft-importation-australia

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

https://o.twimg.com/2/proxy.jpg?t=HBgtaHR0cDovL3N0YXRpYy5vdy5seS9waG90b3Mvb3JpZ2luYWwvN3RqZ24uZ2lmFOwJFOwJABYAEgA&s=Y-LkLtRmCw5Iq1wTo8dBqpPeNRJBdcMy8ytpeCBGjts