Recap Game of Thrones – S06E03 “Oathbreaker”

game-thrones-6-temporada-teaser-img3-embrulha-blog1

E estamos no terceiro episódio desta temporada. Jon Snow voltou e, ao contrário de algumas especulações, ele voltou normal, não no estilo "cemitério maldito" e puniu os traidores, numa cena bem dolorida, visto que tivemos o enforcamento de uma criança (mesmo que uma criança traidora).

Danaerys está num mato sem cachorro que só piora, visto que julgarão a atitude dela em não ter ido para a terra dos Dothraki como uma viúva de Khal, mas sim ter ficado solta no mundo. Enquanto isso seus salvadores seguem à passos mais lentos do que seria devido e Drogon ainda não foi resgatar a mãe (ingrato!).

Arya teve seu treinamento no melhor estilo Demolidor aumentado e intensificado e após apanhar muito, ela começou a se virar bem mesmo com a cegueira e a lutar muito bem, até que O Homem lhe devolveu sua visão. Aparentemente, ela é realmente "ninguém".

Bran e o Lorde Corvo de Sangue embarcaram em mais uma visão que deixou os fãs com um gostinho de quero mais. Vimos a melhor luta de todas as temporadas com um espadachim ambidestro e quase tivemos a visão de Liana Stark adulta, já depois da morte do Rei Louco. O Corvo de Sangue tirou Bran desta visão antes que ele pudesse ver a tia e disse sua frase à lá Dumbledore sobre não ficarmos presos ao passado para não sermos sugados por ele.

Mas neste episódio morno de ação e rico em diálogos, temos dois destaques: Lorde Varys e Sir Davos. Lorde Varys convocou a prostituta que traiu os Imaculados e conseguiu informações sobre quem financiava as Harpias. Não com ameaças, mas apontando onde dói.

Já Sir Davor falou ao Jon ressucitado o que um homem que retorna deve fazer ao retornar: ver que agora tem novas chances, seja de acertar, seja de falhar novamente. Após executar os traidores, Jon deixa o manto de Lorde Comandante e parte, dizendo que a patrulha dele já terminou.

Depois de muito tempo, vimos Sam, que está no mar, levando a menina e o pequeno Sam para sua casa a fim de que fiquem com sua mãe e sua irmã.

Para finalizar, a parte merda do episódio: Rickon caiu nas garras podres de Ramsay e teve seu lobo assassinado. Sim, as vezes parece que o sofrimento dos Starks não tem fim, nem limites.

Como podemos ver, nem todo episódio precisa ter ação extrema para ser bom! Bons diálogos e boas cenas separadas dão o tom e equilíbrio entre os episódios. Vamos ver como vai ser para Sansa, Danaerys e Jon, agora livre de obrigações.

Como ninguém faz ideia de como vai ser daqui pra frente, só nos resta esperar.

Valar-Morghulis

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. María Alvarado disse:

    Eu sou a única pessoa a quem é estranho que ninguém em Castelo Negro estava com medo de ver Jon vivo? O HBO não publicar muito sobre isso, mas já que estamos imaginando fundamantal terá um papel mais tarde no serie game of thrones. Eu digo Deanerys casar e juntos governar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

https://o.twimg.com/2/proxy.jpg?t=HBgtaHR0cDovL3N0YXRpYy5vdy5seS9waG90b3Mvb3JpZ2luYWwvN3RqZ24uZ2lmFOwJFOwJABYAEgA&s=Y-LkLtRmCw5Iq1wTo8dBqpPeNRJBdcMy8ytpeCBGjts