The Walking Dead, Frank Darabont e seu processo contra a AMC

movies_frank_darabont

Informações providas pelo site The Hollywood Reporter (THR), trazem informações sobre o processo de Frank Darabont contra a AMC, emissora de TV responsável por The Walking Dead. O criador da série voltou aos dias difíceis de início da produção da segunda temporada. Desde que este processo em particular culminou em obrigações contratuais concernentes ao lucros do imenso sucesso da adaptação dos quadrinhos considerados best-sellers de Robert Kirkman, deve-se esperar que Darabont (e seus advogados) mantenham tudo isso do lado profissional. E não é bem assim que as coisas estão.

O argumento de Darabont para o processo é que a AMC se aproveitou de uma brecha contratual e o privou de 10 milhões de dólares, obtidos em parte, de um acordo de licenciamento que a rede fez para si própria. O mais grave disso é o desgosto que Frank tem por certos executivos da AMC, que ele diz que não têm mais o que fazer.

Reclamações sobre corte de orçamento, falta de esforço por parte dos executivos e trabalho em excesso para atores e produção, isso tudo faz parte das reclamações e reivindicações de Darabont. Para saber mais detalhes sobre o caso, clique aqui e veja o material do THR na íntegra. Esta briga feia tem tudo para ficar ainda pior antes de acabar, mas os fãs podem ficar seguros de que The Walking Dead irá retornar para a segunda parte de sua sexta temporada em 14 de fevereiro de 2016.

Via Collider e THR

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

https://o.twimg.com/2/proxy.jpg?t=HBgtaHR0cDovL3N0YXRpYy5vdy5seS9waG90b3Mvb3JpZ2luYWwvN3RqZ24uZ2lmFOwJFOwJABYAEgA&s=Y-LkLtRmCw5Iq1wTo8dBqpPeNRJBdcMy8ytpeCBGjts